Archive for maio \31\UTC 2008

Boeing da Vasp será leiloado

31/05/2008

O Boeing 737-200, prefixo PP-SPF, será leiloado no mega-leilão do TRT5-BA, que acontecerá entre os dias 5 e 6 de Junho, no Centro de Convenções, em Salvador, das 8h30 às 18h.
O avião tem capacidade para 107 passageiros e 53.070 kg de peso máximo para decolagem, com dois motores. A aeronave pertence à Viação Aérea São Paulo S/A – VASP e está avaliado em R$1,7 milhão.

O edital, contendo todos os lotes de bens com as respectivas especificações, está publicado no site: http://www.projetoleiloar.com.br (site que não conseguimos acessar, por motivo não sei o qual)

Dados da aeronave:
MATRÍCULA: PP-SPF

Fabricante: BOEING COMPANY
Modelo: 737-2L7C
Número de Série: 21073
Tipo ICAO : B732
Tipo de Habilitação para Pilotos: B737
Classe da Aeronave: Avião de 2 Motores a jato/turbo fan
Peso Máximo de Decolagem: 53070 – Kg
Número Máximo de Passageiros: 107
Categoria de Registro: SERVICO TRANSPORTE PUBLICO REGULAR DOM/REG
Número dos Certificados (CM – CA): 14207
Situação no RAB: INDISPONIBILIDADE DE BENS/PENHORA
Data da Compra/Transferência: 16/11/94
Data de Validade do CA: 02/03/05
Data de Validade do RCA: 31/03/06
Data de Validade do Seguro: 31/01/05
Situação de Aeronavegabilidade: CERTIFICADO DE AERONAVEGABILIDADE (CA) VENCIDO
Motivos:
SITUACAO TECNICA IRREGULAR
SEGURO AERONAUTICO VENCIDO OU IRREGULAR
IAM OU RCA (RELATORIO DE CONDICAO DE AERONAVEGABILIDADE) VENCIDA

A Vasp comprou o PP-SPF em 1994 da empresa Air Nauru
Anúncios

Silverjet suspende suas operações

31/05/2008

Milhares de clientes da Silverjet ficaram presos ou perderam dinheiro depois que a companhia aérea admitiu nesta sexta-feira, 30/05/08, que não tem mais dinheiro para continuar voando e suspendeu suas operações.
A empresa, que começou a operar no ano passado, é a última vítima dos crescentes preços dos combustíveis para aeronaves. “Foi com profundo pesar que a diretoria da Silverjet decidiu que deve suspender suas operações imediatamente”, afirmou em comunicado.
O último vôo decolou nesta sexta às 7h30 de Luton, com destino a Dubai, enquanto a Agência de Aviação Civil (CAA na sigla em inglês) estimou que 7 mil clientes britânicos e 2.500 de outros países foram afetados pelo colapso da aérea.
De acordo com o órgão regulador do setor, o esquema de proteção da licença da companhia não cobre prejuízos de passageiros que agendaram vôos apenas com a Silverjet.
A CAA está aconselhando os consumidores britânicos precisam voar de volta para Londres de Nova York ou Dubai que façam acordos alternativos com outras companhias aéreas. O órgão afirmou que reservaram as passagens com cartão de crédito podem conseguir receber o dinheiro de volta das companhias de cartão ou de seus agentes de viagem.
Aqueles que pagaram com cartão de débito devem entrar em contato com a empresa do cartão para aconselhamento, ou checar quaisquer políticas de seguro de viagem sobre coberturas para casos como este.
Os passageiros da Silverjet que chegaram ao aeroporto de Luton nesta sexta afirmaram que a companhia aérea não fez nenhuma tentativa de contactá-los.
As portas da sala de embarque da aérea ficaram trancadas durante toda a manhã com apenas um aviso informando a situação aos passageiros. Os 350 funcionários da Silverjet também estavam no escuro sobre seu futuro.

Fonte: Estadão

Fotos

31/05/2008





Foto do dia

31/05/2008

American Airlines planeja voar para o Nordeste

30/05/2008
Atenção Aerobloguistas do RECIFE!!!

Mesmo com as limitações do governo e do acordo bilateral para aumentar o número de vôos para os Estados Unidos, José Roberto Trinca, diretor de Vendas da American Airlines, ressaltou o interesse em aumentar os vôos no Brasil.
“Nós pedimos para colocar mais vôos no mercado, mas temos muitas limitações de freqüência. Nosso interesse é principalmente no Recife e Salvador, mas enquanto o governo não der a autorização, não podemos fazer nada”, conta.
“O plano é colocar vôos Miami/Salvador/Recife/Miami”, adianta.

Atualmente a companhia conta com sete freqüências diárias para os Estados Unidos, com cinco vôos para Miami, um para Nova York e um para Dalas. “Estamos colocando alguns vôos extras para atender a demanda da alta temporada, totalizando 52 vôos semanais. Nossos vôos estão muito bem, voando com uma média de 90% de ocupação”.
Trinca também falou das mudanças na classe executiva, como a troca dos assentos. “No Brasil nós operamos com 767 e 777, um dos aviões mais modernos que existem. E, a classe executiva que não era totalmente reclinável, a partir de abril passou a ser, com reclinagem de 180 graus”. O diretor de Vendas da American Airlines afirmou ainda que até o começo de junho também será completada a configuração de todos os 777, não apenas na primeira classe, mas também da classe executiva.

Fonte: Folha

Qantas anuncia reestruturação operacional para enfrentar petróleo

30/05/2008

A companhia aérea australiana Qantas anunciou uma série de medidas para reduzir seus custos operacionais e fazer frente ao aumento nos preços do petróleo. Pelas contas da empresa, apenas no exercício de 2008/09, a conta com combustível deve passar de 2 bilhões de dólares australianos (A$). Entre as medidas está a redução de 5% na capacidade total da empresa.O fato é que os preços dos combustíveis são algo sobre o qual não temos controle, portanto temos que atuar com firmeza nas áreas em que temos controle, disse o executivo-chefe da companhia, Geoff Dixon.
A Qantas deverá, portanto, aposentar uma aeronave Boeing 737, interromper o serviço de dois Boeing 767 e um Airbus A320, cancelar a entrega de um A321 prevista para este ano e acelerar o processo de aposentadoria de seus quatro Boeing 747-300. Além disso, ela ainda deverá reorganizar a distribuição de aeronaves por sua malha, o que inclui a redução no uso de sua frota de Boeing 747.
Isso nos permitirá realizar mudanças significativas nos vôos domésticos e internacionais tanto para a Qantas quanto para a (subsidiária) Jetstar, disse Dixon. Em alguns casos, isso vai envolver o cancelamento definitivo de algumas rotas. Em outros, iremos diminuir as freqüências e a capacidade, acrescentou.
No total, a companhia pretende cancelar cinco rotas domésticas e reduzir a freqüência em quatro outras. A Qantas informou que ainda está avaliando mudanças nas operações internacionais, que devem ser anunciadas em breve. Dixon, porém, deixou claro que esse segmento será o mais afetado pelos cortes da companhia, inclusive com a possibilidade de demissão de pessoal.
Temos de tomar essas duras decisões agora, entretanto, se quisermos assegurar a solidez sustentada da Qantas, preservar os empregos da vasta maioria de nossa força de trabalho e nos posicionar para poder crescer quando o ambiente de negócios melhorar, completou o executivo.

Fonte: O Globo

Vôo da Tam faz pouso de emergência na República Dominicana

30/05/2008

Um avião da TAM foi obrigado a alterar sua rota e fazer um pouso de emergência no final da tarde de ontem no aeroporto internacional de Santo Domingo, capital da República Dominicana, por causa de um problema num dos motores.De acordo com a empresa, o pouso “transcorreu normalmente”. A TAM não soube informar o número de passageiros que estava a bordo.
O vôo JJ-8094 havia partido do aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos, às 10h45, e deveria chegar a Miami, nos Estados Unidos, por volta das 18h40. Durante a viagem, de acordo com informações da empresa, acendeu-se a luz de alerta de um filtro de motor do avião, o que obrigou o piloto a fazer a aterrissagem imediata.Até a noite de ontem, a companhia aérea não tinha informações detalhadas a respeito dessa falha no motor do avião.Segundo a TAM, os passageiros receberam hospedagem e alimentação em Santo Domingo. Ainda de acordo com a empresa, eles devem ser acomodados hoje em outros vôos para os Estados Unidos.

Fonte: Folha Online

Acidente com A320 da TACA em Tegucigalpa

30/05/2008


As imagens impressionam. O A320 da TACA, vôo 390, passou da pista, hoje cedo, no aeroporto Toncontin Internacional, em Tegucigalpa, cruzou uma via de acesso, batendo e arrastando vários carros, e se chocou violentamente com um barranco.
Na aeronave estavam 124 pessoas e as primeiras informações dão conta de 4 mortos – um deles é o piloto. Entre os feridos está o diplomata brasileiro Brian Michael Neele.
O co-piloto foi retirado com vida, mas tem ferimentos graves. O estado do cockpit explica, já que a cabine recebeu todo o peso da aeronave no impacto. Entre as primeiras hipóteses está o mau tempo, já que o pouso se deu pouco depois da passagem da tempestade tropical Alma. Havia um pouco de neblina e a visibilidade era reduzida. A aeronave acidentada seguia para Miami. O acidente ocorreu na segunda tentativa de pouso. A primeira tinha sido abortada diante das condições climáticas. Há muitos anos as autoridades internacionais pressionam pela suspensão das operações no Toncontin, considerado um dos mais perigosos do mundo. A pista é curta, os sistemas de navegação e aproximação ainda são primários, e há uma grande quantidade de morros nas proximidades, dificultando a aproximação. O aeroporto foi erguido em 1948, ao sul da capital. A pista é curta, tem menos de 1.863 metros utilizáveis. Há filmes na internet que mostram o pouso ali, que começa com uma aproximação em ângulo de 45 graus, quase como o antigo Kai Tak, de Hong Kong. O piloto precisa, ainda contar com um morro que antecede a cabeceira, fazendo o arredondamento numa rampa que é paralela à inclinação da encosta. A altitude da cidade, de 3.300 pés, obriga as aeronaves a usarem mais pista para pouso e decolagem do que quando se está ao nível do mar.
Fonte: JB Online

Foto do Dia

30/05/2008

F*@#% TUDO !!!

29/05/2008