Archive for the ‘747’ Category

Companhia aérea japonesa prepara vôo com biocombustível

24/06/2008


Nesta segunda-feira 23/06/2008, a Japan Airlines (JAL) anunciou que antes de março do ano que vem irá fazer um vôo de teste com um Boeing 747, com reator alimentado por uma mistura de biocombustíveis feitos a partir de vegetais não comestíveis. A JAL, maior companhia aérea do Japão, trabalha junto com a construtora americana Boeing e a Pratt&Whitney, fabricante dos reatores, no teste. Segundo a Boeing, a expectativa é que seus aviões comerciais voem utilizando biocombustiveis dentro de cinco a dez anos.

Fonte: Nippo

Avião de carga americano se parte ao meio ao decolar em Bruxelas

26/05/2008

Um avião de carga da companhia americana Kalitta Air caiu neste domingo após decolar do aeroporto de Bruxelas e se partiu em dois, sem deixar feridos, informaram os bombeiros e fontes aeroportuárias.
O avião, um Boeing 747, que ia para o Barein, caiu pouco antes das 13h30 locais (11h30 GMT) com cinco pessoas a bordo de nacionalidade americana, todos parte da tripulação, disse à France Presse um porta-voz da empresa que coordena a estação aérea, Jan Van der Cruysse.

Ainda não se sabe a causa do acidente, e uma investigação foi aberta para apurar o que aconteceu. “Ao que parece, o avião saiu subitamente da pista quando estava decolando e caiu. Talvez tenha sido um problema técnico, não se sabe”, afirmou outra porta-voz do aeroporto, Tru Lefebre. O acidente provocou a ira de uma associação de vizinhos do aeroporto, que pedem o fechamento da pista em questão por ser mais curta que as outras. O acidente aconteceu a 500 metros de uma área residencial na localidade de Zaventem, periferia nordeste de Bruxelas. A companhia de fretes aéreas Kalitta foi criada no ano 2000, e sua sede fica no estado americano de Michigan. A empresa possui 18 Boeing 747, segundo seu site.
Acompanhe as fotos abaixo:


Fonte: FSP

Erro de calibração deixa 747 da United no chão

24/03/2008

A United Airlines reteve no solo sete de seus B747 depois de descobrir que a companhia encarregada da manutenção, a Korean Airlines, usou para a calibração dos altímetros um instrumento que não estava corretamente regulado. Segundo a empresa, todas as aeronaves passarão por nova e completa vistoria. O anúncio veio dias depois de a FAA ter determinado que as empresas aéreas precisam cumprir todos os regulamentos exigidos. A demanda segue a aplicação de uma multa de US$ 10,2 milhões à Southwest pelo fato de a companhia ter permitido que dezenas de antigos B737 continuassem a voar apesar de os prazos de vistoria terem sido estourados. A United afirma que não há relação entre as determinações recentes e as decisões e que informou o problema voluntariamente à FAA – o que na indústria é considerado uma forma de ganhar imunidade contra multas e outras penalidades futuras.

Fonte: http://www.aeronautas.org.br

Avião procedente de Madri aterrissa em Recife por problemas técnicos

18/03/2008

Um avião da empresa Aerolíneas Argentinas procedente de Madri e com destino a Buenos Aires fez hoje uma aterrissagem não prevista em Recife, devido a problemas técnicos, informaram fontes oficiais.
A aeronave, um Boeing 747 e com cerca de 400 pessoas a bordo entre passageiros e tripulação, aterrissou em Recife por volta das 3h de hoje, segundo um porta-voz da Infraero.
“O avião realizou uma aterrissagem técnica, mas não forçada, e neste momento está em manutenção”, segundo a fonte consultada pela Agência Efe.
“A companhia aérea ainda não especificou o tipo de problema da aeronave nem tem previsão sobre quando poderá resolvê-lo”, acrescentou.
Os passageiros foram desembarcados e conduzidos às salas de embarque do aeroporto de Recife, onde esperam uma decisão das Aerolíneas Argentinas sobre a continuação do vôo ou o envio de um novo avião.
O incidente ocorre no momento em que Brasil e Espanha estão em meio a uma crise, que começou depois que vários brasileiros foram impedidos de entrar em território espanhol ao chegar ao aeroporto de Madri.
Nos dois primeiros meses deste ano, a Espanha impediu a entrada de cerca de 800 brasileiros, que não estariam com toda a documentação requerida, de acordo com as normas da União Européia.
Alegando medidas de reciprocidade, entre 6 e 12 de março, as autoridades brasileiras impediram a entrada de 24 espanhóis que não tinham os documentos necessários para permanecer como turistas no Brasil.

Fonte: http://desastresaereosnews.blogspot.com/

Empresa realiza primeiro vôo com biocombustível

26/02/2008

O primeiro vôo de um avião comercial usando biocombustível decolou neste domingo do aeroporto de Heathrow, em Londres, com destino a Amsterdã, na Holanda. O Boeing 747, operado pela companhia Virgin Atlantic, voou sem passageiros a bordo e teve um de seus quatro motores movido a biocombustível, enquanto que os outros três usarão combustível convencional.

O uso de cerca de 20% de biocombustível serve para reduzir o risco do vôo, uma vez que os demais motores são capazes de fornecer a potência necessária para o avião caso haja qualquer problema. O avião usou uma mistura de óleo de coco e babaçu e outras plantas da floresta amazônica. A empresa disse que a mistura usada não compete com fontes de alimento importantes.

A Virgin diz que o uso de biocombustível ajuda no corte das emissões de gases causadores do efeito estufa. “Estamos de fato fazendo algo para reduzir nossas emissões de carbono. Não considero que seja só propaganda – é progresso, é de fato reduzir a contribuição da indústria da aviação nas emissões de CO2”, afirmou Paul Charles, diretor de comunicações corporativas da Virgin Atlantic.

Um dos problemas do biocombustível é que ele congela facilmente em grandes altitudes. A tecnologia está sendo desenvolvida pela GE e Boeing, e a Virgin acredita que em dez anos as linhas aéreas podem utilizar a energia de plantas normalmente.

Ambientalistas dizem que a iniciativa da Virgin Atlantic não é uma solução para diminuir o aquecimento global, porque plantações seriam utilizadas para gerar combustível, reduzindo a produção de comida.

Fonte: Veja on-line