Archive for the ‘Acidentes’ Category

Mecânico sugado por turbina de A320

19/06/2008


Um mecânico morreu na noite de segunda-feira 16/06/08 em um aeroporto de Tenerife (arquipélago das Canárias) ao ser sugado e triturado pela turbina de um avião, informaram fontes dos serviços de emergência à AFP.
O avião, um Airbus A320, estava estacionado na pista de aterrissagem do aeroporto Rainha Sofia, no sul da ilha de Tenerife, quando ocorreu o incidente, cujas causas estão sendo investigadas pela Guarda Civil.
O mecânico foi completamente triturado pela turbina e apenas pequenas partes de seu corpo foram encontradas próximas ao motor, segundo a mesma fonte.
De acordo com a imprensa espanhola, o mecânico, de 24 anos, foi sugado pela turbina de um avião Airbus da companhia de vôos charter LTE International Airways no momento em que realizava trabalhos de manutenção junto com outros dois companheiros.

Fonte: AFP

Anúncios

Acidente com avião em aeroporto sudanês deixam 28 mortos

10/06/2008


Um avião da Sudan Airways explodiu hoje 10/06/08 logo depois de pousar em Cartum, capital do Sudão. Autoridades disseram que pelo menos 28 dos 217 ocupantes do aparelho morreram.
A TV sudanesa mostrou imagens do avião em chamas na escuridão, enquanto bombeiros tentavam controlar o fogo com mangueiras. O aparelho, que a TV disse ser um Airbus, transportava 203 passageiros e 14 tripulantes.
A agência Reuters chegou a divulgar a informação de que já haviam sido confirmadas 120 mortes, mas o general Mohamed Osman Mahjoub, que havia passado o número, depois voltou atrás e disse que só 28 mortes eram confirmadas até o momento.
O subdiretor-geral de polícia Al Adel Ajeb disse à TV local que a operação de resgate dos corpos está complicada porque alguns deles estão estraçalhados e completamente carbonizados.
Um passageiro disse que o avião, que vinha de Amã (Jordânia), havia tentado pousar, mas que o comandante suspendeu a operação e avisou aos passageiros que isso se devia ao mau tempo.

Foto: AP

O avião voou até Port Sudan, na costa do mar Vermelho, antes de voltar a Cartum, cerca de uma hora depois. “Quando tentou pousar houve uma colisão”, relatou esse passageiro.


Explosão

No momento do acidente, uma tempestade de areia prejudicava a visibilidade na cidade, segundo moradores.
Outro sobrevivente, Al Haj Bashir, disse que o pouso em Cartum “não foi normal” e que ocorreu “uma explosão na asa direita” dois ou três minutos depois da chegada em terra.
O ministro dos Transportes, Mabrouk Mubarak Salim, confirmou ter havido uma explosão no motor direito. “Até agora não temos informação precisa, mas achamos que o tempo foi a principal razão do que aconteceu.”

Foto: Arte G1

O incêndio no avião já foi debelado. No auge, o fogo parecia consumir a cabine e a fuselagem. A TV mostrou os tobogãs de fuga abertos nas laterais do aparelho.


Sobreviventes

As autoridades disseram que o piloto ficou levemente ferido, mas que entre os demais tripulantes só um foi achado com vida. Um porta-voz disse que a contagem de sobreviventes está confusa, porque eles acabaram se dispersando e muitos foram embora do aeroporto.
Yusuf Ibrahim, diretor do aeroporto, disse à TV que o pouso ocorreu “com segurança” e que já em solo a tripulação chegou a conversar com a torre, que orientou o avião sobre onde taxiar. “Nesse momento uma explosão aconteceu”, disse ele.
Há cinco anos, um Boeing 737 da Sudan Airways caiu logo após decolar de Port Sudan, matando 104 passageiros e 11 tripulantes.

Fonte: G1

Acidente com A320 da TACA em Tegucigalpa

30/05/2008


As imagens impressionam. O A320 da TACA, vôo 390, passou da pista, hoje cedo, no aeroporto Toncontin Internacional, em Tegucigalpa, cruzou uma via de acesso, batendo e arrastando vários carros, e se chocou violentamente com um barranco.
Na aeronave estavam 124 pessoas e as primeiras informações dão conta de 4 mortos – um deles é o piloto. Entre os feridos está o diplomata brasileiro Brian Michael Neele.
O co-piloto foi retirado com vida, mas tem ferimentos graves. O estado do cockpit explica, já que a cabine recebeu todo o peso da aeronave no impacto. Entre as primeiras hipóteses está o mau tempo, já que o pouso se deu pouco depois da passagem da tempestade tropical Alma. Havia um pouco de neblina e a visibilidade era reduzida. A aeronave acidentada seguia para Miami. O acidente ocorreu na segunda tentativa de pouso. A primeira tinha sido abortada diante das condições climáticas. Há muitos anos as autoridades internacionais pressionam pela suspensão das operações no Toncontin, considerado um dos mais perigosos do mundo. A pista é curta, os sistemas de navegação e aproximação ainda são primários, e há uma grande quantidade de morros nas proximidades, dificultando a aproximação. O aeroporto foi erguido em 1948, ao sul da capital. A pista é curta, tem menos de 1.863 metros utilizáveis. Há filmes na internet que mostram o pouso ali, que começa com uma aproximação em ângulo de 45 graus, quase como o antigo Kai Tak, de Hong Kong. O piloto precisa, ainda contar com um morro que antecede a cabeceira, fazendo o arredondamento numa rampa que é paralela à inclinação da encosta. A altitude da cidade, de 3.300 pés, obriga as aeronaves a usarem mais pista para pouso e decolagem do que quando se está ao nível do mar.
Fonte: JB Online

Avião de carga americano se parte ao meio ao decolar em Bruxelas

26/05/2008

Um avião de carga da companhia americana Kalitta Air caiu neste domingo após decolar do aeroporto de Bruxelas e se partiu em dois, sem deixar feridos, informaram os bombeiros e fontes aeroportuárias.
O avião, um Boeing 747, que ia para o Barein, caiu pouco antes das 13h30 locais (11h30 GMT) com cinco pessoas a bordo de nacionalidade americana, todos parte da tripulação, disse à France Presse um porta-voz da empresa que coordena a estação aérea, Jan Van der Cruysse.

Ainda não se sabe a causa do acidente, e uma investigação foi aberta para apurar o que aconteceu. “Ao que parece, o avião saiu subitamente da pista quando estava decolando e caiu. Talvez tenha sido um problema técnico, não se sabe”, afirmou outra porta-voz do aeroporto, Tru Lefebre. O acidente provocou a ira de uma associação de vizinhos do aeroporto, que pedem o fechamento da pista em questão por ser mais curta que as outras. O acidente aconteceu a 500 metros de uma área residencial na localidade de Zaventem, periferia nordeste de Bruxelas. A companhia de fretes aéreas Kalitta foi criada no ano 2000, e sua sede fica no estado americano de Michigan. A empresa possui 18 Boeing 747, segundo seu site.
Acompanhe as fotos abaixo:


Fonte: FSP

Mecânico de avião é sugado por turbina

03/04/2008

Um mecânico de aviões foi sugado esta terça-feira 02/03/08 por uma turbina, quando efetuava a manutenção de uma aeronave Boeing 737-232, na Venezuela, revelou o Serviço Aéreo de Resgate.
Em um comunicado enviado à Agência Lusa, aquele Serviço comunica que o acidente ocorreu pelas 12 horas locais (17h30 em Lisboa), no Aeroporto Internacional de La Chinita, na localidade de Maracaíbo, 800 quilômetros a Oeste de Caracas.
“O técnico mecânico de aeronave realizava a manutenção da aeronave YV302T, marca Boeing 737-232A, serie 23087 de 1984, quando foi sugado por uma turbina ligada do avião, resultando em graves ferimentos”, diz o comunicado.
O mecânico de nome Lermit Lisandro Martínez Abarca, de 23 anos, foi resgatado por oficiais do Corpo de Bombeiros Aeronáuticos do Aeroporto de La Chinita e transportado para um centro médico da cidade de Maracaibo apresentando lesões crâneo-encefálicas.

Fonte: Portugal Diário

Continental pode ser julgada por acidente de Concorde

13/03/2008

A Justiça francesa decidiu ontem (12/03/08) pedir que a companhia americana Continental Airlines, dois de seus funcionários e dois ex-diretores da aeronáutica francesa sejam julgados por homicídios e ferimentos involuntários no caso do acidente com um Concorde em julho de 2000, no qual morreram 113 pessoas.

Fontes judiciais confirmaram que, em seu requerimento, a Promotoria de Pontoise (nos arredores de Paris) pediu que a companhia aérea e as quatro pessoas compareçam ao Tribunal Correcional para responder à acusação de homicídios e ferimentos involuntários.

Um Concorde da Air France se acidentou em Gonesse (arredores de Paris) em 25 de julho de 2000, matando 113 pessoas, quatro delas em terra. O acidente encerrou os vôos comerciais do avião supersônico de passageiros.

A investigação mostrou que o incêndio de um depósito de querosene do aparelho estava relacionado ao estouro de um pneu do trem de pouso durante a decolagem, causado pela presença de uma lâmina metálica na pista.

Essa lâmina havia caído de um DC-10 da Continental Airlines que tinha decolado pouco antes do aeroporto de Roissy-Charles de Gaulle, segundo a investigação.

A Promotoria pede a abertura de processo contra o funcionário da Continental que instalou a lâmina, John Taylor, além do então chefe de manutenção da companhia aérea, Stanley Ford.

Também pede que sejam julgados o ex-diretor do programa do Concorde na Aerospatiale (agora EADS) nos anos 80, Henri Perrier, e o ex-responsável da Direção Geral de Aviação Civil Claude Frantzen. Embora a Aerospatiale estivesse ciente dos problemas com pneus do Concorde entre 1979 e 2000, o construtor não tomou medidas para reforçá-los, nem aos depósitos de querosene, segundo a investigação.

Os juízes instrutores têm a última palavra sobre o caso, e o eventual julgamento só seria realizado no final de 2008 ou início de 2009, afirmaram fontes judiciais à imprensa local.

Fonte: http://desastresaereosnews.blogspot.com/

Continental pode ser julgada por acidente de Concorde

13/03/2008

A Justiça francesa decidiu ontem (12/03/08) pedir que a companhia americana Continental Airlines, dois de seus funcionários e dois ex-diretores da aeronáutica francesa sejam julgados por homicídios e ferimentos involuntários no caso do acidente com um Concorde em julho de 2000, no qual morreram 113 pessoas.

Fontes judiciais confirmaram que, em seu requerimento, a Promotoria de Pontoise (nos arredores de Paris) pediu que a companhia aérea e as quatro pessoas compareçam ao Tribunal Correcional para responder à acusação de homicídios e ferimentos involuntários.

Um Concorde da Air France se acidentou em Gonesse (arredores de Paris) em 25 de julho de 2000, matando 113 pessoas, quatro delas em terra. O acidente encerrou os vôos comerciais do avião supersônico de passageiros.

A investigação mostrou que o incêndio de um depósito de querosene do aparelho estava relacionado ao estouro de um pneu do trem de pouso durante a decolagem, causado pela presença de uma lâmina metálica na pista.

Essa lâmina havia caído de um DC-10 da Continental Airlines que tinha decolado pouco antes do aeroporto de Roissy-Charles de Gaulle, segundo a investigação.

A Promotoria pede a abertura de processo contra o funcionário da Continental que instalou a lâmina, John Taylor, além do então chefe de manutenção da companhia aérea, Stanley Ford.

Também pede que sejam julgados o ex-diretor do programa do Concorde na Aerospatiale (agora EADS) nos anos 80, Henri Perrier, e o ex-responsável da Direção Geral de Aviação Civil Claude Frantzen. Embora a Aerospatiale estivesse ciente dos problemas com pneus do Concorde entre 1979 e 2000, o construtor não tomou medidas para reforçá-los, nem aos depósitos de querosene, segundo a investigação.

Os juízes instrutores têm a última palavra sobre o caso, e o eventual julgamento só seria realizado no final de 2008 ou início de 2009, afirmaram fontes judiciais à imprensa local.

Fonte: http://desastresaereosnews.blogspot.com/